top of page
escocia-1-1275x850.jpg
Curiosidades
13
dias
ESCOCIA, INGLATERRA e FRANÇA

13 a 25/06/2024

CURIOSIDADES SOBRE A ESCÓCIA

Mesmo não figurando entre os destinos mais procurados por quem vai fazer um intercâmbio, a Escócia é um destino incrível e que promete experiências espetaculares! O país é um dos mais belos da Europa e sua capital, Edimburgo, é uma verdadeira aula de história ao ar livre. Antes de fazer seu intercâmbio na Escócia você pode conhecer um pouco mais sobre o país aqui no blog da Optima Intercâmbio! Por isso separamos algumas curiosidades da Escócia que farão você se encantar ainda mais por esse país espetacular!

1. Curiosidades da Escócia: o jeitinho escocês!

Você vai se sentir em casa com os escoceses durante o seu intercâmbio por lá. O povo escocês é extremamente gentil e curioso, além de serem bastante animados e gostarem bastante de conversar com os outros! E se você encontrar com um escocês em um pub, saiba que se tentar acompanhá-lo na cerveja ou no whisky, você pode facilmente perder: o povo escocês é famoso por beber muito! Ah, vale a pena avisar: os escoceses não têm papas na língua e falam o que vem à mente!

2. A cidade de Edimburgo é considerada um Patrimônio da Humanidade

Outra das curiosidades sobre a Escócia é que a capital do país, Edimburgo, é considerada um grande museu a céu aberto. A cidade é dividida em duas: a “cidade nova”, com construções e edifícios mais modernos e “cidade velha”. Essa última preserva grandes características arquitetônicas antigas, bem como o traçado de suas ruas.

Tudo isso remetendo às características medievais e relíquias que transformam a capital escocesa em uma verdadeira aula de história. Há construções do século XV e XVI, como o Castelo de Edimburgo, que são muito bem preservadas até hoje.

Mesmo sendo chamada de “Cidade Nova”, a parte mais moderna da cidade de Edimburgo abriga, em grande parte, edifícios do século XVII e XVIII.

3. Curiosidades da Escócia: o país dos ruivos

Não se espante se encontrar com uma grande quantidade de pessoas ruivas pelas ruas da Escócia. O país é um dos maiores lares de pessoas ruivas no mundo. A porcentagem de pessoas ruivas na Escócia é de 13%, enquanto no resto do mundo fica em média de 1% a 2% da população. E vai um pouco além: aproximadamente 40% da população escocesa nativa carrega o gene dos cabelos avermelhados, assim, as chances de um casal escocês ter um bebê ruivo são grandes!

4. O lago mais famoso do mundo fica na Escócia

Um dos pontos turísticos e uma das curiosidades sobre a Escócia mais conhecidas talvez seja o Lago Ness. Segundo a lenda, o local é o lar do Monstro do Lago Ness; ou apenas Nessie, para os mais íntimos! O primeiro registro de avistamento de Nessie se deu no ano de 565. Isso mesmo, há quase 1500 anos! Ao longo do tempo, o monstro foi visto por inúmeras outras vezes. Em 2003, uma equipe de televisão fez uma exaustiva investigação no Lago Ness, utilizando mergulhadores e sonares e não conseguiu encontrar nenhum vestígio desse místico animal. Real ou imaginário, a verdade é que essa é uma das curiosidades da Escócia que as pessoas mais conhecem. Na TV ou cinema, o mito sempre aparece como um exemplo da cultura escocesa.

5. Curiosidades da Escócia: o bruxinho mais amado do cinema tem origens escocesas

É impossível negar que as paisagens das Terras Altas e da Escócia inspiram muitas histórias. Por isso, é comum vermos grandes produções cinematográficas e televisivas que se passam nesse lado da terra da Rainha. Séries como Outlander e filmes como 007 - Skyfall utilizaram as belezas naturais da Escócia para serem plano de fundo de suas histórias.

Mas você sabia que a saga Harry Potter nasceu na cidade de Edimburgo? Sem dúvidas, a autora JK Rowling, utilizou da cidade medieval como inspiração para escrever alguns dos livros de mais sucesso do mundo. O café onde foram escritas as primeiras páginas do primeiro livro é um dos lugares mais visitados de Edimburgo.

CURIOSIDADES SOBRE A INGLATERRA

Quanto mais buscamos conhecer a cultura inglesa, mais descobrimos curiosidades da Inglaterra.

Algumas curiosidades, inclusive, têm tudo a ver com as tradições dos ingleses. Seja por costumes ou por certos fatos históricos.

Por isso separamos 5 curiosidades sobre a Inglaterra que talvez você não saiba, confira! 

Bank Holidays 
Se você é fã de feriados, então você vai gostar de saber dessa curiosidade da Inglaterra. Os feriados país acontecem sempre no dia mais próximo do final de semana (sexta-feira ou segunda). Se algum feriado tiver um dia fixo no ano, ele pode ser “substituído” por um dia de folga na segunda-feira seguinte. Isso acontece para garantir um fim de semana prolongado para todos os ingleses.  No ‘Bank Holidays’ não são só os bancos que ficam fechados. Todos os comércios, escritórios fecham no país durante este dia, onde as pessoas aproveitam para realizar atividades ao ar livre. 

Pontualidade britânica 
Você já deve ter ouvido esse termo, não é mesmo? E isso é a mais pura verdade. Na Grã-Bretanha, é muito raro os moradores chegarem atrasados a algum compromisso. Por mais informal que seja, os britânicos têm pavor a atrasos. Eles se incomodam demais com esta prática. Pela cidade de Londres, percebe-se a grande quantidade de relógios espalhados por toda parte. Em praças, prédios públicos ou o famoso Big Ben. O fascínio pela pontualidade e o controle do tempo existem há muitos e muitos anos. 

Evite contato visual 
Este ponto é algo bem curioso: os ingleses, em geral, costumam evitar contatos visuais. Faça um teste dentro do metrô de Londres: Entre no vagão e observe algum britânico. Existem até anúncios em certas estações informando aos turistas, viajantes e estrangeiros para evitar o contato visual, que é considerado ofensivo quando exagerado. 

Respeite as filas
Prepare-se para ver filas em todos os lugares que você passar na Inglaterra. Se você estiver em um supermercado, loja ou ponto de ônibus, verá os britânicos formando ordenadamente uma única fila para priorizar quem chegou primeiro.  

Mão Inglesa 
Se tem uma curiosidade que chama a atenção dos brasileiros quando chegam no Reino Unido é a tão famosa ‘mão inglesa’. Lá eles dirigem pela esquerda e o assento do motorista fica à direita. Pode ser uma adaptação bem interessante. Vale lembrar que não é só na Inglaterra que isso acontece: cerca de 75 países pelo mundo utilizam a ‘mão inglesa’. Então, se for dirigir, cuidado, hein! 

CURIOSIDADES SOBRE A FRANÇA

Este país é um dos destinos europeus mais procurados para turismo pelos brasileiros, proporcionando experiências gastronômicas, culturais e históricas inesquecíveis.

Cumprimentar as pessoas com dois beijinhos
Cumprimentar alguém com dois beijinhos é um gesto de educação e respeito na França. Os franceses não se importam se acabaram de conhecer a pessoa, se é homem ou mulher, o costume é cumprimentar com dois beijinhos. Para nós, brasileiros esse costume pode ser um pouco estranho, aqui cada estado tem um forma de cumprimentar as pessoas, mas normalmente um aperto de mão já basta. 

A baguete debaixo do braço é real
Mais uma das curiosidades da França é o clichê da pessoa andando pela rua com uma baguete debaixo do braço. Pois, pasme, é verdadeiro! Sendo um hábito de  praticamente todo francês.
Entre as 18h e 19h, se você reparar, depois que saem do trabalho, muitos  franceses passam em alguma boulangerie e compram uma baguete para comer  no jantar e como elas costumam ser maiores do que a embalagem, ficam  para fora e costumam ser carregadas debaixo do braço. E os franceses acreditam que virar uma baguette de cabeça para baixo traz azar.

Casamento com alguém falecido 
Sim! O casamento póstumo (ou necrogamia) é o casamento no qual um dos participantes é falecido, e é uma forma legal de casamento na França e há modalidades culturalmente praticadas dele na China e no Sudão. Desde a Primeira Guerra Mundial, a França tem centenas de requisições anuais, das mais muitas têm sido aceitas.

Qualquer hora é hora de tomar vinho
Uma das curiosidades da França, inclusive, é que lá é muito comum  tomar-se vinho no horário do almoço, durante a semana nas reuniões de  negócio. O maior exportador de vinho do mundo considera a bebida um  alimento e com o tempo nós vamos incorporando este costume também.

Não existe pão francês na França
Isso mesmo, o famoso pão francês que conhecemos é bem brasileiro, viu? Então não pense que você vai chegar em uma padaria na França e encontrar o tão amado pãozinho. O pão recebeu esse nome porque a receita foi inspirada na receita d verdadeiro pão francês, a baguette. Hoje, o pão francês  já faz parte da família brasileira, ganhando diferentes nomes em cada  parte do País. No Rio Grande do Sul é conhecido como “cacetinho”,  enquanto no Ceará é chamado de “carioquinha”. No Rio Grande do Norte é  também “pão d'água" e na Bahia, “pão de sal”. Já se você for ao litoral  paulista, por lá é intitulado “média”. Para não ter erro, todo  brasileiro conhece pelo nome “pão francês”.

bottom of page